The Daily Puppy

quinta-feira, 29 de março de 2012

PROSA - POÉTICA


MONTANHAS DE MINAS

OLHE, só depois de passar por certas
coisas e de notar esta chuva caindo de
mansinho e que só aumenta com o
tempo é que tomo coragem e passo as
mãos nos móveis da sala e sinto assim
como estão frios. Então percebo 
 lá fora aquelas montanhas de Minas que con-
tinuam caladas estupidamente geladas
olhando para mim.

PJ Ribeiro.
( Besouros Falantes, pág.19 -  ed. Totem 2003)

Nenhum comentário:

Postar um comentário